Melhorar Campanha no Google Adwords

Melhorar Campanha no Google Adwords: 18 dicas de Ouro para otimizar suas vendas

O que você verá nesse artigo

Confira 18 ótimas dicas para Melhorar suas Campanha no Google Adwords

 

O Adwords, ou Google Ads, é uma plataforma incrível para você que busca aumentar suas vendas ou gerar leads de forma imediata. É relativamente simples de fazer o setup (colocar a campanha no ar), mas se não for configurada corretamente, pode fazer você gastar todo seu dinheiro sem trazer os resultados desejados.

 

Por isso, eu separei 18 dicas para você focar e aumentar seus resultados e as métricas que acompanham ele, como CTR, taxa de conversão, taxa de geração de leads. 

 

Vamos descobrir?

 

Como Melhorar campanha de Google Adwords

 

1) Faça uma pesquisa de Palavras-Chave criteriosa

 

Qualquer campanha de Adwords que entregue um resultado de alta-performance começa com uma sólida pesquisa de palavras-chave. Uma ideia interessante – e que aplicamos – é fazer um brainstorming de todos os termos que achamos relevantes para o determinado serviço ou produto. Incluímos, em um primeiro momento, termos mais genéricos e mais específicos.

 

O Keyword planner do Google é a melhor opção para você buscar os termos. Dentro da própria plataforma do Google, é a mais confiável, já que os dados são da mesma empresa. Jogue os termos que você juntou no seu brainstorming nela e terá uma lista expandida com volumes de pesquisa e qual o custo de cada termo, além de outras sugestões.

 

2) Agrupe e organize as palavras-chaves

 

Provavelmente, um dos erros mais comuns que vemos em ao anunciar no Google, é jogar todas as palavras-chaves em uma única campanha e então esperar que isso gere resultados e conversões. Mas como medir se está tudo junto e misturado?

 

Organize suas campanhas em grupos de anúncios separados. Dessa forma, você consegue medir a performance de cada um, criar textos específicos e direcionar para uma página que faça sentido.

 

3) Tenha um texto (copy) que incentive e seja persuasivo

 

O terceiro ponto é algo até que muito óbvio, mas constantemente ignorado por empresas – e profissionais – que investem no Google Adwords. Um dos primeiros contatos de um possível cliente com a sua marca é quando eles veem seu anúncio pela primeira vez. Você deve conseguir fazer com que ele engaje com você. Por isso deve ser persuasivo, informativo e com um call to action (chamada para efetuar uma ação). Caso contrário, seu anúncio irá performar mal e isso traz uma taxa de cliques baixa, índice de qualidade ruim e, por consequência, poucas conversões.

 

Você pode fazer uma análise de mercado e avaliar o que seus competidores estão usando como inspiração. A ideia é sempre criar algo melhor e que posicione diferente. Pode incluir os diferenciais da sua empresa ou do seu produto.

 

Uma dica mais técnica é sempre usar letra maiúscula na primeira letra de cada palavra. Isso ajudará o seu anúncio a se destacar e melhorar seu CTR.

 

Você também pode incluir um Call to Action na descrição, como “garanta já sua oferta” “clique e saiba mais”, “visite nosso site”.

 

4) Crie textos específicos para cada grupo de anúncios

 

Junto com um anúncio de texto persuasivo, o seu texto precisa ser específico para as palavras-chaves que estão dentro do seu grupo de anúncios. Quem pesquisa e recebe o seu anúncio irá sentir que o que você oferece é mais focado em resolver o problema que ele tem naquele momento do que se você trabalhar de forma mais genérica utilizando textos iguais ou muito parecidos em vários grupos de anúncios diferentes.

 

Se possível, também inclua a palavra-chave que você está anunciando na descrição e URL.

 

5) Teste Variações dos Anúncios

 

Revise cada grupo de anúncio e tenha certeza que eles contêm ao menos 2 anúncios. Dessa forma, você já consegue ir medindo qual entrega uma performance melhor em termos de abordagem com o seu público. 

 

Na comparação, você pode sempre trabalhar para otimizar aquele que for performando melhor na comparação. É uma estratégia eficaz para melhorar o CTR das campanhas de Google Ads e tirar o melhor resultado das suas campanhas.

 

6) Faça bom uso da URL de Exibição do Anúncio

 

Em vez de apenas usar a URL do seu site atual, para onde você irá direcionar o público do anúncio, você pode criar um endereço personalizado. Isso ajuda a indicar que a página de destino é relevante para as pesquisas nas quais você quer mostrar seu anúncio.

 

São 30 caracteres para personalizar a URL no anúncio expandido em duas partes de 15. Uma boa saída aqui é utilizar suas keywords do grupo de anúncios.

 

7) Mantenha a coesão entre anúncio e Landing Page

 

Todo o texto que você utilizar nos seus anúncios devem ser um espelho do que contém nas páginas de destino. Enviar os interessados que clicam no seu anúncio para uma Landing Page que reflete o que você está promovendo vai te ajudar a melhorar seu índice de qualidade do anúncio. 

 

Entendemos que pode ser mais fácil linkar os anúncios a páginas que você já possui em vez de criar uma nova página de destino. Mas esse, em muitos casos, é um esforço válido. Lembre-se que um anúncio que tem um alto índice de qualidade custa menos que anúncios com baixo índice, além de aumentar as impressões e levar a um melhor posicionamento.

Banner Google Ads

 

Outro ponto importante é que você, ao criar uma nova página específica, acaba focando mais na necessidade daquele possível cliente que o levou até a página de destino. O índice de qualidade mede a experiência do usuário na página de destino. Isso significa que uma boa experiência de navegação aumenta suas conversões. 

 

8) Teste o Design da sua Página de Destino

 

Não são raros os casos em que você coloca no ar uma campanha de Google Ads, se mantém atento para não esquecer de nenhuma questão técnica importante, consegue ótimos números com CTR e cliques, gera tráfego de forma significativa e, mesmo assim, não converte. Isso acontece porque a sua página de destino não é voltada para conversão.

Por isso que você precisa garantir que sua Landing Page entrega de forma clara a mensagem que você quer passar em seu anúncio. Mas você deve dar um passo a mais. Pode fazer um teste A/B, testar uma composição diferente, variar os tipos de CTA’s, as iscas para gerar leads, etc.

 

9) Ser o primeiro anúncio nem sempre é melhor

 


Anunciar no Google Ads vai te entregar mais tráfego e também ajuda, no geral, a melhorar a taxa de cliques do seu site. Porém, estar no primeiro lugar pode não ser a melhor opção.

Em diversos casos, se posicionar na primeira posição requer um lance muito maior do que em comparação para ficar na segunda ou terceira posição, mesmo com um alto índice de qualidade. O resultado disso pode significar um CPA (custo por aquisição) maior. Logo, porque pagar mais por um resultado igual?

É verdade que o primeiro anúncio é, normalmente, o que é visto primeiro por quem faz uma pesquisa e por isso está sujeito a ser clicado mesmo sem que a pessoa tenha lido atentamente à oferta, o que leva a uma maior taxa de rejeição (bounce rate). Nesse ponto, entendemos que ficar numa posição média entre 2º e 3º lugar pode ser mais efetivo, ainda mais se você trabalha com campanhas de orçamentos reduzidos. Você terá grandes volumes de tráfego e elimina esses dois tipos de possíveis “problemas”.

Seus lances custarão menos, seu índice de qualidade não será afetado e seu CPA pode se manter baixo.

 


10) Ajuste seus lances regularmente

 



Se você der lances muito baixos nas suas palavras-chaves o seu CTR será ruim. Por isso, garanta que seus lances são suficientes para colocar o anúncio na primeira página e para que haja uma taxa de cliques suficiente.

Preste muita atenção às posições que seu anúncio ocupa. Quando o CTR é baixo, um dos indicativos pode ser a posição ruim. Aumentar gradativamente, até que chegue na primeira posição pode aumentar a taxa de cliques. Mas lembre-se: depender apenas dos lances para se colocar na primeira página pode acabar com seu orçamento para a campanha ou aumentar muito o seu custo de aquisição.

 

11) Faça a negativação de palavras-chave regularmente

 

Acrescentar novos termos às palavras negativadas ajuda a otimizar suas campanhas, pois isso indica que você está deixando de anunciar para termos que você não deseja aparecer. Desde o início, você pode subir uma lista de palavras-chaves negativas. Apesar disso, sempre aparecerão outros termos inesperados.

 

Palavras-chave negativas não se aplicam apenas a anúncios da rede de pesquisa, elas também se aplicam a anúncios de display.

 

Negativar termos vai te ajudar a:

 

  • Aumentar o CTR
  • Reduzir o CPC
  • Aumentar o seu ROI
  • Melhorar seu Índice de Qualidade

 

De início, você pode notar que há uma redução no número de visitas no site. Mas isso está dentro do esperado, já que negativar termos irá afastar visitantes não-qualificados.

 

12) Aumente sua lista de palavras-chave

 

Assim como adicionar negativar termos que não são interessantes para o seu serviço ou produto, expandir sua lista de palavras-chave pode trazer bons resultados. E você pode fazer isso adicionando novos termos sugeridos pelo Google ou trabalhando com as correspondências ampla e exata.

 

Isso vai fazer com que o seu anúncio apareça para mais frases, o que pode significar mais tráfego para o seu site. Ao expandir a correspondência para ampla, precisa manter um olho em quais frases estão gerando tráfego e conversões. Aquelas que não estiverem, você pode negativar.

 

13) Use bem as extensões

Extensões do Google Ads
fonte: searchengineland.com

Existem várias extensões de anúncios que ajudam o seu anúncio a se destacar da concorrência. Usar tudo que as extensões proporcionam aumentam o tamanho ocupado pelo anúncio e fazem com que ele se mostre mais relevante, aumentando o CTR.

Elas dão às pessoas mais razões para escolher o seu negócio e clicar na propaganda. O Google Ads escolhe quais mostrar em cada pesquisa, por isso é importante configurar e deixar todas as extensões configuradas de uma forma que seja relevante. São elas:

 

  • Extensões de Sitelink: São links adicionais que ajudam a aprofundar a navegação no site.
  • Extensões de Local: São muito relevantes para negócios locais e que a proximidade pode ajudar a vender. A extensão mostra o endereço do seu espaço
  • Extensões de Chamadas: Funciona em Dispositivos Móveis, dando a opção de quem vê o anúncio de ligar para você de forma simples.
  • Extensão de App: Excelente alternativa para quem está promovendo downloads de aplicativos.
  • Extensão de Mensagem: Trabalha para enviar mensagens de texto após visualizar o anúncio.
  • Extensão de Preço: Você pode mostrar seus serviços ou categorias de produtos com seus preços para que as pessoas possam visualizá-los. É uma ferramenta incrível se você tem preços competitivos.

 

 

14) Use a Segmentação por Local e exclua locais que gerarem poucas conversões



Se você tem um negócio local, sua campanha deve se manter apenas na região na qual você oferece o serviço. Ou você pagará por cliques de pessoas interessadas no serviço em uma região na qual você não pode atender.

Agora, se você atende de uma forma que não depende da localidade, separar seus anúncios por regiões pode te ajudar a entender quais entregam as melhores taxas de conversão. Ao excluir áreas onde sua performance não é boa, é provável que seu ROI aumente.

 

 

15) Não ignore o Remarketing

Remarketing Google Ads
fonte: theseocompanyinmiami.blogspot.com



Remarketing é uma das melhores maneiras de otimizar suas taxas de conversão. De forma simples, você está alcançando pessoas que já visitaram o seu site com um anúncio específico. Pode ser para fazer uma compra, uma nova compra, baixar algum material rico ou preenche algum cadastro.

Atuar dessa forma, bem segmentada, é mais provável que melhore uma conversão. Isso significa que pode diminuir seu custo por clique.

Tipos de Remarketing que você pode usar:


 

  • Remarketing Padrão: Permite que você mostre seus anúncios para antigos visitantes assim que eles acessam a Rede de Display
  • Remarketing Dinâmico: Mostra anúncios de produtos ou serviços que as pessoas viram no seu site
  • Remarketing para Aplicativos Móveis: É o Remarketing para pessoas que usam aplicativos móveis ou estiverem em websites para dispositivos móveis.
  • Listas de remarketing para anúncios da Rede de Pesquisa (RLSA): É o tipo de Remarketing que permite você alcançar seu público que utiliza a rede de pesquisa do Google
  • Remarketing em Vídeo: Utilizado para aqueles que assistem vídeos no Youtube ou outros vídeos. A distribuição pode ser via Youtube, Rede de Display e sites.
  • Remarketing via lista de emails: É uma forma de remarketing que usa como principal base uma lista de emails dos seus clientes ou prospects.

    A grande vantagem de aprender como fazer remarketing no Adwords é que você melhora sua taxa de conversão e tem mais uma chance de convencer aquelas pessoas que estão indecisas em comprar ou não de você. 

 

Vários anunciantes ainda não utilizam o remarketing de forma consistente. Entretanto, fica cada vez mais provado que ele te ajuda a economizar dinheiro e melhorar o retorno do seu investimento.

 

16) Use RLSA & Segmente seus Públicos

 



Como falamos acima, o RLSA ou Listas de remarketing para anúncios da Rede de Pesquisa é uma oportunidade para alcançar quem visitou seu site quando eles pesquisam termos relevantes ao seu negócio no Google.

Normalmente, quem anuncia no Google Ads usa o RLSA nas campanhas de pesquisa e nos grupos de anúncios originais e define ajustes de lance mais altos para os usuários que fazem parte da lista RLSA.

É uma excelente estratégia e vale muito a pena usá-la, mas pode ser ainda melhor. Ao dividir suas campanhas em dois grupos (um só para público RLSA) te permite controlar os lances para a lista de remarketing e criar anúncios específicos para cada um. 

 

17) Listas Negativas de Remarketing

 



Assim como utilizamos a negativação de palavras-chaves para não mostrar o anúncio para aquelas que não são interessantes, implementar a lista negativa de remarketing pode te ajudar a não mostrar o anúncio para vários públicos, como pessoas que já compraram de você, que visitam páginas não qualificadas do site e por aí vai.

 

18) Entendeu como Melhorar sua Campanha no Google Adwords?

 



Como vimos, um bom projeto de Marketing Digital pode ter o Google Ads como uma ferramenta muito efetiva para gerar não só conversões e acessos no seu site, mas vendas de forma significativa. E saber medir e acompanhar as principais métricas é um diferencial para você conseguir melhorar suas campanhas cada  vez mais e atingir o maior ROI possível. Integre sua conta do Google Ads e seu site com o Google Analytics e comece a mapear tudo que os usuários fazem em seu site.

Com as dicas que dei nesse artigo, se aplicadas corretamente, você tem uma grande chance de otimizar suas campanhas no Google. Boa sorte!

Leia também

Compartilhe esse post ->

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe seu comentário abaixo

Receba em seu email

as melhores dicas de Marketing Digital para crescer seu negócio