Como Anunciar no Google Ads

Como Anunciar no Google Ads: Guia 2021 para colocar seus anúncios no ar

O que você verá nesse artigo

Toda empresa que deseja divulgar os seus produtos ou serviços precisa saber como anunciar no Google Ads para alcançar aqueles clientes que estão prontos para fazer uma compra ou fechar negócio.

Os anúncios no Google são a principal ponte entre a sua empresa e seus novos clientes. Hoje em dia, quase todas as pessoas procuram no Google por um serviço ou produto antes mesmo de ir até o local. E esse é o cenário propício para divulgar a sua empresa.

De acordo com dados do Sebrae, até 93% das compras se iniciam com uma busca pela internet. Por isso, exibir o seu anúncio para a pessoa no momento em que ela está procurando por algo pode ser tão poderoso.

E nós, como uma agência de Google Ads, vamos te contar tudo que você precisa saber para anunciar no Google, e você vai aprender tópicos como:

  • O que é o Google Ads?
  • Como funciona o Google Ads?
  • Como criar campanhas de anúncios no Google

Quando falamos dos anúncios no maior buscador do planeta, é possível direcionar as pessoas para visitarem o seu site, baixarem algum materia, se inscrever na sua newsletter, transformar interessados em leads ou mesmo fazer uma abordagem direta de venda, agendamento de horário ou reservas. São várias as opções!

Quando falamos de empresas locais, ainda é possível usar uma extensão de chamada para que você receba ligações e também utilizar anúncios no Google Maps.

O que é o Google Ads

O Google Ads é a plataforma de anúncios do Google. Está há 20 anos no mercado e, atualmente, engloba:

  • Resultados de busca
  • Sites parceiros
  • Youtube
  • Gmail
  • Play Store e aplicativos

Como Funciona o Google Ads

O Google Ads é uma plataforma diferente do Facebook Ads. Ele funciona como um leilão, onde você disputa o espaço com outros concorrentes e quanto maior a concorrência, maior tende a ser o seu custo por clique (CPC).

Para poder começar a anunciar, você deve definir um lance por cada clique que acontece em seu anúncio. Esse será o seu CPC. Mas você pode deixar também o CPC automático, com a própria ferramenta definindo os valores adequados para conseguir vencer os leilões.

O grande indicador que irá determinar o quanto seu anúncio será exibido (às vezes pagando até menos que concorrentes) é o índice de qualidade. Com ele, você consegue entender o quanto o seu anúncio atende a quem está procurando pelas palavras-chave que você compra.

Por que Anunciar no Google Ads

Existem uma série de motivos pelos quais valem a pena anunciar no Google. Nesse tópico falaremos sobre alguns deles para que você entenda um pouco mais sobre o potencial desta ferramenta

O primeiro motivo é porque ele é, em geral, uma alternativa de retorno rápido, uma vez que quem recebe o anúncio já possui uma considerável intenção de compra.

Outro motivo que faz valer a pena anunciar no Google é a oportunidade de mostrar o seu produto ou serviço apenas para quem está procurando por termos que são relevantes para o seu negócio.

Dessa forma, você garante que pessoas desinteressadas no que você tem a oferecer sejam muito menos frequentes.

O terceiro motivo que traz muita segurança ao Google é a possibilidade de você medir o CAC, ou Custo de Aquisição de Cliente. Esse custo é calculado pelo valor de cada clique vezes o número de cliques até acontecer a venda.

Ter esse dado em mãos, te facilita muito a definir não só o seu orçamento de marketing, mas também quanto investir no Google Ads.

Tipos de Anúncios do Google

Rede de Pesquisa

A rede de pesquisa é o primeiro formato de anúncio que o Google implementou e é exibido acima e abaixo dos resultados orgânicos quando você faz uma pesquisa no Google, como mostra o exemplo abaixo

Rede de Pesquisa Contabilidade para Médicos

Nesse tipo de anúncio, você escolhe termos (palavras-chaves) para os quais você quer exibir o seu anúncio e paga sempre que acontece um click. Por isso dizemos que ele funciona no formato CPC (custo por clique).

E vale tanto para computadores quanto tablets e smartphones. Dentro da rede de pesquisa é possível anunciar dentro do Google Maps, Google Shopping, nos resultados de Imagens do Google e em sites parceiros.

Rede de Display

A rede de display foi uma forma que o Google encontrou para ampliar o alcance dos seus anúncios para cada vez mais pessoas. São mais de 2 milhões de sites e aplicativos parceiros que ajudam o Google a poder exibir o seu anúncio para mais de 90% dos usuários de internet.

Um bom diferencial da rede de display é a possibilidade de exibir anúncios com impacto visual e inclusive no Youtube. Ele é bastante utilizado para gerar leads e como remarketing.

Quando falamos dos anúncios em sites parceiros, você pode definir sites específicos, público-alvo e localização, por exemplo.

Anúncios no Youtube

O Youtube é a segunda maior plataforma de buscas da internet, somente atrás do próprio Google. E você pode anunciar no Youtube dentro do Google Ads!

Com um custo muito menor do que em canais de tv e rádio, você pode colocar o seu anúncio de acordo com o que a sua audiência realmente assiste. Muito mais funcional, não é mesmo?

Além disso, você pode pagar apenas quando ocorre um clique ou quando a pessoa assiste boa parte do vídeo (30 segundos)

Google Shopping

O Google Shopping é uma ferramenta incrível para lojas virtuais e e-commerces mostrarem os seus produtos para os clientes que deram aquela olhadinha ou procuram por esses produtos. Nesse formato o produto que você anuncia aparecerá junto com preço e a outros anunciantes

Google Shopping Sofa

Atualmente as principais plataformas de e-commerce já oferecem a integração com Google Shopping. Woocommerce, Nuvemshop, Shopify e LojaIntegrada, por exemplo. Assim você tem menos dor de cabeça para manter atualizado os produtos da loja que são exibidos dentro do Google Shopping

Google para ONG’s – Google Ad Grants

O Google Ad Grants é uma iniciativa do Google para auxiliar Organizações não-governamentais em seus esforços para ampliar suas vozes. O Google oferece para essas ONG’s até 10 mil dólares por mês para divulgarem no Google suas ações.

Para se qualificar você deve seguir alguns passos e passar por um processo rigoroso. Mas isso é assunto para um outro artigo.

Como Criar Anúncios no Google

Para começar a anunciar, basta acessar a página inicial no Google Ads e criar a sua conta.

A plataforma está mais intuitiva em alguns pontos, facilitando um pouco mais para quem não possui tanta experiência com anúncios. Mas a parte mais importante é o planejamento.

Banner Google Ads

Saber determinar os objetivos, entender quem é sua persona, os melhores tipos de oferta e como funciona o funil de vendas podem ser um grande diferencial no resultado dos seus anúncios.

Além disso, existem dois pontos fundamentais: o título e a descrição dos anúncios. Veja mais sobre eles abaixo.

Pense bem nos títulos

O título será o grande responsável pelas pessoas decidirem clicar ou não nos seus anúncios. Você pode criar variações e testar quais trazem o melhor desempenho junto com as descrições dos anúncios. A métrica que avalia isso é o CTR, sigla em inglês para taxa de cliques.

Como Criar Títulos Atrativos:

  • Coloque sempre a palavra-chave no anúncio
  • Use títulos atrativos
  • Faça uso de números e adjetivos
  • Use gatilhos de escassez, urgência, autoridade, prova social, etc

Como Criar Descrições atrativas:

  • Use novamente a palavra-chave
  • Deixe claro o que o usuário receberá
  • Trabalhe os diferenciais do seu produto/serviço
  • Use CTA’s

Agora que você já entende a importância de ser atrativo para quem lê a sua oferta, vamos para a parte do planejador de palavras-chave, que é onde você irá selecionar para quem o anúncio será exibido.

Planejador de Palavras-chave do Google Ads

Essa ferramenta serve para que você possa determinar quais termos(palavras-chave) você deseja comprar para exibir os anúncios.

Você encontra no painel informações relevantes, como:

  • Volume de busca
  • CPC (Custo por clique)
  • Concorrência
  • Outras sugestões de palavras-chave
  • Pesquisa relacionada e etc

Com esses dados, o Planejador de palavras-chave do Google Ads é o seu grande aliado para anunciar para pessoas que realmente estão procurando por algo que você oferece.

Além de poder acrescentar vários termos que são relevantes, você também pode excluir outros que não são interessantes e que você não tem interesse em anunciar.

Também é possível determinar a localização e, até certo ponto, percentual de renda de quem receberá o anúncio.

Depois que você colocar algumas opções, a ferramenta irá te mostrar algumas sugestões de palavras-chave com base no comportamento das buscas dos usuários no último ano.Você pode acrescentar aquelas que fizerem sentido para você e para o seu negócio.

Acima falamos sobre alguns dados que o Planejador de palavras-chave do Google Ads.Entenda mais sobre eles:

Número de Pesquisas Mensais: indica o volume de buscas que aquela palavra-chave teve no último ano. A ideia é que quanto mais buscas, maior o número de interessados podem entrar em contato contigo.

Concorrentes: Nos dados sobre os concorrentes, você precisa saber que quanto maior a concorrência, mais caro será para anunciar para aquele termo e também para ocupar a posição 1.

Lance Sugerido: O lance sugerido é uma métrica que indica quanto deve ser o seu lance para conseguir qualificar os anúncios. É calculado em razão da concorrência.

Entenda as Métricas do Google Ads

Para que você ter um bom desempenho em suas campanhas, é preciso que você consiga entender um pouco mais sobre o Google Ads. E isso inclui entender as métricas do Google Ads e o que elas significam.

Com isso você pode analisar de forma mais detalhada as campanhas e entender como otimizar os seus anúncios. Veja as métricas:

Taxa de Cliques

A taxa de cliques (CTR ou Click Through Rate) informa qual o percentual de pessoas que visualizam os anúncios clicam nele ao vê-lo. Aqui você pode medir o quanto há de interações com o seu público.

Um anúncio com boa taxa de impressões mas com baixo número de cliques indica que a sua campanha não está sendo atrativa o suficiente ou não faz sentido para quem recebe os anúncios. Quanto maior o seu CTR, melhor o desempenho da sua campanha.

Se o CTR está alto e a campanha não performa, talvez seja hora de olhar pra dentro do seu site…

CPC (Custo por clique)

O CPC é a métrica que mede o valor que você gasta por cada clique que é realizado nos seus anúncios. A partir dele é possível entender dados mais avançados e até estimar o seu orçamento para as campanhas de Google Ads.

Índice de Qualidade

Todas as métricas são importantes. Mas o índice de qualidade é, definitivamente, uma das métricas que você precisa acompanhar caso queira ter sucesso com as suas campanhas de Google Ads.

Ela é uma nota que é atribuída para a performance das suas campanhas. Esse índice leva em consideração três fatores:

  • O seu anúncio
  • As palavras-chave que você escolheu
  • A página de destino das campanhas

Essa nota varia de 0 a 10 e quanto maior a nota, melhor a qualidade dos seus anúncios. O índice está diretamente ligado ao AdRank, que é um dos fatores mais importantes para definir a posição do seu anúncio quando ele é exibido em um resultado de pesquisa.

Impressões

A taxa de impressões mostra quantas vezes os seus anúncios foram visualizados.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição é uma métrica que está diretamente relacionada à página onde as pessoas que clicam nos anúncios são direcionadas. Portanto, podemos dizer que ela está diretamente ligada ao índice de qualidade.

Também é possível analisar essa métrica quando a sua campanha possui uma boa taxa de impressões, o CTR alto e mesmo assim as vendas ou pedidos de orçamento estão baixos. A taxa de rejeição pode indicar esse defeito e mostrar para você os próximos passos para melhorar suas campanhas.

Quanto custa anunciar no Google Ads?

Para anunciar no Google, o primeiro passo é você determinar um orçamento. Alguns especialistas indicam que algo em torno de 6 a 12% do faturamento da empresa seja destinado ao marketing. Mas quanto investir em Google Ads?

Para entender quanto você deve anunciar, você usar uma engenharia reversa para tentar determinar uma quantia. Ou tentar calcular a relação entre cliques, valor dos cliques e cliques necessários para conseguir uma venda.

Com o seu CAC (Custo de Aquisição de Clientes) em mãos, você consegue entender qual faixa de investimentos trazem o melhor retorno para o seu negócio.

Um exemplo: Se você converte um acesso em cliente a cada 50 cliques e o clique para o termo escolhido custa 2 reais, você então precisa investir 100 reais para adquirir um novo cliente.

O exemplo acima é fictício e dependendo do seu negócio, esse custo é muito menor. Mas é importante que você entenda para que saiba o retorno sobre o investimento (ROI) com os anúncios do Google Ads.

Está com dificuldade com suas campanhas no Google? Fale conosco que te ajudaremos assim que possível?

Leia também

Compartilhe esse post ->

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe seu comentário abaixo

Receba em seu email

as melhores dicas de Marketing Digital para crescer seu negócio