Trafego Pago

Tráfego Pago sem Resultados? 15 Dicas para Gerar mais Leads Qualificados

O que você verá nesse artigo

O Tráfego Pago, ou Links Patrocinados ou Anúncios ou Impulsionamentos (quantos nomes para um mesmo serviço!) é uma das poucas ferramentas que permite a você gerar um significativo volume de tráfego em um curto período de tempo.

Por causa disso, muitas empresas despejam grandes quantias no Google e nas redes sociais com a expectativa de gerar um grande número de contatos (leads) e fechar vários negócios.

Porém, muitas vezes não há uma estratégia clara, apenas muito dinheiro envolvido. O que resulta num desperdício e em um baixo número de leads qualificados.

E a tendência, com o aumento de anunciantes, é que essas campanhas de baixa qualidade entreguem ainda menos resultados.

Para te ajudar a entender, otimizar e gerar leads qualificados, nós trazemos 15 ótimas dicas para melhorar a sua conversão das campanhas de tráfego pago.

Se você e/ou sua empresa ainda não está familiarizada com o Tráfego Pago, não se preocupe. Tentaremos ser o mais didático possível.

Vamos lá?

O que é Tráfego Pago?

O Tráfego pago são os anúncios que geram acessos (tráfego) para o seu site ou para uma página específica do seu site, por exemplo.

Existem várias “categorias” que podemos determinar para entender de forma mais completa como funciona esse tipo de estratégia de marketing digital. São alguns exemplos de canais onde você pode anunciar para gerar tráfego:

Os anúncios no Google foram uma das primeiras formas de publicidade online e é um dos canais com maior potencial para quem deseja anunciar para leads que estão mais prontos, dentro do que chamamos do “fundo do funil”. Dentro do Google Ads também é possível anunciar no Youtube.

Social Ads

Os anúncios nas redes sociais – e aí falamos majoritariamente de Facebook e Instagram, mas podem ser LinkedIn, Twitter, Pinterest, TikTok, etc – permitem que você encontre seu público a partir de segmentações. Funcionam bem para vendas, e são ótimas para campanhas de reconhecimento de marca.

Além desses dois canais, você pode investir em Native Ads, e em outros tipos. Mas podemos dizer que grande parte do foco está entre Google e Facebook. Inclusive, temos um artigo que fala das diferenças entre Google Ads e Facebook Ads.

15 Maneiras de Melhoras as Conversões com Tráfego Pago

1) Tenha uma Oferta que Seja Realmente Boa

São inúmeros os casos em que vamos começar um trabalho de Tráfego Pago ou analisar o que era feito para entender o cenário em que vamos iniciar um projeto no qual os anúncios não estavam funcionando e as ofertas (o que era anunciado para o público) não eram atraentes.

Para converter um anúncio, tão importante quanto a segmentação é a oferta. Ela precisa gerar interesse do seu público e fazê-lo entender o benefício de comprar ou fechar negócio.

Raramente o melhor dos anúncios irá salvar uma oferta ruim.

2) Tenha certeza que os CTA’s estão bem destacados na sua Landing Page

Com uma boa oferta, as pessoas vão se interessar e clicar no seu anúncio. Depois disso, é hora da sua Landing Page (página onde as pessoas são direcionadas após o anúncio) entrar em ação e converter.

Para isso, também é muito importante que as ações responsáveis por isso, que chamamos de CTA (Call to Action) seja clara e firme.

Uma boa chamada pra ação deve deixar claro o que você deseja que o usuário faça a uma vez que ele está no seu site, seja baixar um e-book, solicitar um contato, agendar uma visita.

Uma boa dica é espalhar as chamadas para ação dentro do conteúdo da página, não apenas no final. E quanto mais específico for o conteúdo e a chamada, maiores as chances de conversão.

3) Adeque sua Linguagem ao seu Público. E Seja Persuasivo

Para otimizar as suas conversões, a sua linguagem precisa ser clara e concisa sobre o que você está oferecendo e sobre o que quem está lendo irá receber.

Falar difícil ou não conseguir se comunicar na linguagem certa com a sua persona irá levar a conversões menores nas suas vendas.

4) Diminua as Distrações na Sua Página

A sua página de destino, para maximizar a conversão, deve ser 100% focada na SUA OFERTA. Reduza distrações, como ofertas secundárias, links desnecessários e outros.

As pessoas estão ali pra receberem informações apenas sobre o que viram no seu anúncio. E outras ofertas ou distrações podem fazer ela se perder. (Ex.: Nós, como uma agência digital, se vamos ofertar o serviços de tráfego pago, precisamos ter uma Landing Page com informações apenas sobre isso. Direcionar para uma página que tenha outros serviços irá diminuir minha conversão)

Se você quer fazer uma segunda oferta, pedir para ela te acompanhar nas redes sociais ou mostrar o resto do site, faça isso após a conversão.

5) Ajuste sua Landing Page para ser 100% Coerente com a Oferta do Anúncio

Se você quer otimizar pra valer os seus anúncios e garantir o maior número de leads qualificados, você PRECISA manter uma sincronia entre o que você oferece nos seus anúncios e o que as pessoas leem quando chegam na sua LP.

Ter uma oferta diferente do anúncio, por pouco que seja, pode causar frustração em quem clicou e até raiva, fazendo com que ela não queira mais o seu produto/serviço.

Isso também vale para quando você anuncia um produto específico e direciona para uma página que contém esse produto e mais uns 20 outros produtos. A regra é: simplifique ao máximo para quem quer comprar de você!

Banner Google Ads

Se possível, tenha uma página para cada produto, com as informações mais relevantes. E direcione os anúncios para elas. Assim, você diminui a chance do seu lead se desinteressar.

Com páginas específicas para os Ads, é possível gerar insights mais específicos sobre as campanhas e evitar que as pessoas saiam do objetivo inicial. Dessa forma, você consegue trabalhar o seu funil sem pontos de saída na sua página.

6) Acompanhe Suas Campanhas de Anúncios

Se estamos falando sobre otimizar as campanhas, o primeiro passo para iniciar qualquer ação é mensurar e acompanhar o andamento delas para entender o que está dando certo, o que está dando errado e o que pode ser feito para otimizar.

7)Tenha um Funil de Vendas Rodando

Principalmente se as suas campanhas são para o que chamamos de “público frio”, ter um bom funil de vendas rodando irá te ajudar a nutrir e educar os leads que ainda não estão prontos para comprar.

Pois ao mesmo tempo em que as campanhas de tráfego pago podem gerar boas quantidades de leads de forma rápida, pode ser preciso trabalhar os leads para poder melhorar as taxas de conversão.

Um bom funil de vendas vai capturar ao menos o email do interessado com algum material rico gratuito (ebook, template, trial) ou algum produto de ticket consideravelmente mais baixo.

A partir daí é possível trabalhar com um fluxo de emails para chegar ao seu objetivo. Dependendo da sua estratégia, oferecer um segundo produto de maior valor, o que chamamos de upsell, assim que a pessoa se compromete com você faz bastante sentido. E se o seu funil estiver bem configurado, algumas pessoas irão comprar.

O grande diferencial no seu sucesso é a forma como irá dispor e os momentos em que irá abordar os leads com os conteúdos certos.

8. Tenha Iscas para Gerar Leads

Acima falamos do funil e mencionamos que é importantíssimo capturar o email do seu lead para iniciar um relacionamento. Certo? E uma boa forma de fazer isso é oferecendo uma “isca”.

Ter um material que seja interessante e relevante em troca do email do interessado é uma forma de gerar leads sem precisar investir ainda mais em anúncios.

São boas ideias para gerar leads:

  • Ebooks
  • Tutoriais
  • Guias
  • Podcasts
  • Newsletters
  • Descontos
  • Promoções
  • Exclusividade

9) Ofereça Testes Grátis

Se você já tem leads interessados no seu serviço ou produto e precisa convencê-lo a usar, os testes grátis – ou trials – são uma excelente alternativa para convencer aqueles indecisos a te darem os dados para você trabalhar no funil.

A partir do momento em que a pessoa se compromete com o seu produto e tem uma boa experiência, ela está mais propensa a pagar por ele num segundo momento, pois já pode navegar e conhecer a qualidade do que você oferece.

10) Venda o Problema que Você Resolve

A melhor forma de vender um produto é deixar claro para quem recebe um anúncio ou navega em uma landing page qual é o principal problema dessa pessoa que você irá resolver.

Quando as pessoas enxergam o que você resolve é muito mais fácil delas comprarem de você. Porque, no final das contas, ninguém compra um produto pelo que ele oferece, e sim pelo problema que ele resolve.

Por exemplo, quando você está na rua, um calor imenso e compra um suco, você compra o suco para se refrescar. O refresco é o problema que o suco resolve.

11) Foque seus Anúncios no Fundo do Funil

Quando falamos de otimizar as conversões, é importante direcionarmos os anúncios para a etapa do funil que está mais propensa para comprar. E são as pessoas que fazem parte do “fundo” do funil.

Especialmente no Google Ads é possível identificar quais palavras-chaves são mais propensas a atrair quem está nesse estágio.

Com isso, sua LP também deve estar preparada, destacando motivos e qualidades sobre o produto que fazem as pessoas comprar de você e também ter a sua conversão facilitada, que é o nosso próximo ponto.

12) Faça Remarketing

É muito raro os casos em que as pessoas comprar no primeiro acesso a um site ou landing page. Ainda mais raro quando nunca teve muito contato com uma marca.

E mostrar o seu anúncio para quem já visitou a sua LP e o seu site vai ajudar a reforçar a sua marca e a trazer aquela conversão que ainda não aconteceu. É uma segunda chance para ela olhar com mais calma, navegar novamente e tirar dúvidas.

Além disso, no remarketing é possível criar alguns filtros para decidir quem vai receber esse anúncio após ter tido um contato com você.

13) Facilite o Contato dos Leads com Você

Isso é uma regra geral mas vale especialmente se você não tem uma marca/empresa reconhecida ou se está trabalhando com anúncios frios. Caso o lead sinta necessidade, deve ser fácil para ele conseguir entrar em contato com você, pois é natural que ele tenha algumas dúvidas e queira ter certeza (mesmo que em alguns casos já esteja na sua LP.

Dependendo da sua estratégia você pode oferecer:

  • Formulário de contato
  • Chat ao vivo
  • Possibilidade de ligação
  • Email para contato

14) Use o Chat para Responder em Tempo Real

Nós sabemos que quanto mais tempo para tirar uma dúvida, maior será a queda no impulso de compra. Portanto, poder tirar dúvidas e conversar com o lead que está muito interessado no seu produto ou serviço é um diferencial. E para isso você pode usar chats ao vivo, como:

15) Faça Testes A/B

Os testes A/B se bem feitos permitem você compreender aspectos pontuais da sua campanha e ajustar detalhes para otimizá-las. É possível testar desde a copy, passando pelas headlines, cores, CTA’s e até comparar duas páginas diferentes que tenham o mesmo objetivo.

Entendeu como você pode otimizar a sua estratégia para gerar mais leads com Tráfego Pago?

Leia também

Compartilhe esse post ->

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe seu comentário abaixo

Receba em seu email

as melhores dicas de Marketing Digital para crescer seu negócio